sábado, 1 de abril de 2017

O 2º post ...porquê do novo blogue?

Porque fez sentido desta forma.

Acho que precisava cortar radicalmente com tudo o que fiz até agora, muito embora, quem estiver atento me poderá achar de igual forma, mas de facto, nos últimos anos na blogosfera, fiz um pouco de tudo e muitas asneiras que precisava de remediar.

Ainda não percebi se a blogosfera é uma droga, ou a sua cura. Vocês sabem?

Vivo no Ribatejo profundo. O meu percurso de vida, fez com que não tenha estabilizado, não tenha encontrado um lugar a que chamasse "casa" na última década e meia de vida. Ok, só tenho 34 anos, mas já vivi em meia dúzia de cidades diferentes, tirei um curso, exerci, deixei de exercer e já tive 3 ou 4 trabalhos diferentes, até achar este a que agora me dedico. (mais tarde falarei sobre isso)
E a verdade é que alguns dos amigos mais antigos que tenho, conheci-os através da blogosfera e como a nossa forma de contacto sempre foi maioritariamente virtual, deu para que este contacto nunca se perdesse, independente do local onde eu esteja, por isso, apesar de tudo, devo muito à blogosfera.

Se é verdade que quero (e preciso, sei lá) arranjar mais amigos e conhecer mulheres aqui perto, também é verdade que isso não é fácil para mim. A malta da minha geração, que cresceu comigo, foi cada um para seu lado, e eu, sou dos poucos que regressou à terra ainda solteiro. De resto, odeio sair sozinho e os amigos que tenho, são cada vez mais casados e com pouca vida social. 

Por isso, por mais que ache que não me deva estar constantemente a relacionar à distância, pois quando precisamos, raramente temos as pessoas fisicamente por perto, a verdade é que faço parte dum grupo de pessoas que se habituou a ligar às outras virtualmente e... se calhar, desaprendeu a fazê-lo de outra forma.

Atenção, isto não é uma forma de relacionamento tendencialmente errada! Todos nós temos no nosso círculo social, pessoas com quem não nos identificamos MINIMAMENTE, mas que foram ficando, por uma questão de proximidade física. Acho quando nos relacionamos virtualmente, acabamos por criar laços com pessoas que estão fisicamente longe, mas com muito mais em comum, do que muitas outras, que vivem "logo ali ao lado" (família incluída).

E dito isto, estou oficialmente de volta. :)

13 comentários:

  1. Bem vindo Guppy! (Isto é esquisito lol) Que encontres o que "procuras", na blogosfera ou fora dela. Beijoca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem, Chexinhas! :)
      Bigadus.

      beijinhos *****************

      Eliminar
    2. Guelrinhas, tu aguenta aí, miúdo! Os peixes, peixinhos, peixões, as peixas, peixinhas e peixonas estão contigo!

      Muito oxigénio! :)

      Eliminar
    3. Maria... tu! :)
      Eu aguento.

      Beijinhos oxigenados *********************

      Eliminar
  2. Pode ser que com este blogue, além dos "velhos" amigos dê para encontrar novos que estejam perto virtualmente e no Ribatejo profundo também :) espero que sim, e por mim estou contente por teres voltado :)
    um beijinho e bom fim-de-semana
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem sabe. Não faço planos, mantenho todas as opções em aberto. :)
      Obrigado e eu, estou contente por ter voltado.

      beijinhos na Gábi *******************************

      Eliminar
  3. Estou quase a chorar...
    Hoje falamos de ti!!

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Se eu me fiasse nos vossos planos, "nadava em seco"!

      Eliminar
  5. Excelente post!
    Traduz o que penso destes contactos virtuais. Sinto mais afinidade com muitas pessoas aqui que não sinto com quem lido no dia a dia. E como sinto falta de trocar ideias e opiniões, por aqui me mantenho.

    PS - não dá para comentar com "URL" =(
    É que pertenço à Plataforma da SAPO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá L.MAria, bem vinda.

      Se calhar não dá, não percebo muito disso. nunca trabalhei nessa plataforma. Espero que te divirtas por cá e sem comentar com "URL", comenta na mesma ;)

      Eliminar